Menu Busca Back

Caio Castro fala sobre Dom Pedro e seu bigode. Tá demais!

17/04/2017 Postado por Mariana Scherma

Fala sério, se, em algum momento da aula você imaginasse Dom Pedro com a cara e o corpitcho de Caio Castro, certamente você não sentiria nada de sono! Conversamos com o boy sobre esse personagem tão histórico de Novo Mundo e ele fez revelações bem engraçadas!

Ator Caio CAstro caracterizado como Dom Pedro

Sentiu vontade de estudar história, né?  – Foto: Rede Globo/Tata Barreto

tt: Como está sendo a sua rotina para interpretar um personagem tão enigmático que é Dom Pedro?
“Está dando muito trabalho. As semanas que antecedem a estreia são bem corridas. Grava todos os dias externas pela manhã e em seguida gravo no estúdio. Sempre chego em casa umas 21h, mas quando não tenho trabalho para fazer com a imprensa. Fotos, entrevistas e tudo mais. No caso, todos os dias está acontecendo isso. Tá bem puxado. Mas estou bem feliz com tudo que está acontecendo.”

tt: Como está sendo interpretar Dom Pedro?
“Meu, Dom Pedro… Então, o sotaque foi a primeira coisa que me veio à cabeça em relação a construir esse personagem. Eu comentei com o Vinicius Coimbra (diretor) que eu queria fazer o sotaque português de Portugal. Isso foi um ponto importante para eu aceitar o papel. Que por um lado é muito difícil. Continua sendo difícil. Mas o começo sempre é uma fase de dedicação. Eu não estou habituado ainda. O personagem me dá muito trabalho. Mas, ao mesmo tempo, ele me dá uma facilidade de composição muito grande. Dá para eu brincar de uma maneira incrível. Ele é bem leve. Não tenho referência pessoal nenhuma. A minha voz muda, o meu corpo muda. Eu me sinto realmente diferente. Pra fazer isso está sendo muito difícil. Por ser muito distante. Mesmo sendo o mesmo idioma. Mas é muito diferente.

tt: E o visual? Está curtindo?
“Estou gostando bastante. Aconteceu um episódio engraçado comigo dia desses. Eu fui comprar comida para o meu gato, e a moça que trabalha no estabelecimento olhou pra mim e soltou: ‘Nossa, você está parecendo Dom Pedro. Nunca falaram isso para você?’. Tive vontade de dar um beijo na boca dela. Eu falei: ‘sério?’. Outras pessoas têm me abordado e comentado a respeito do personagem histórico. Tem uns que não sabem que é Dom Pedro, diz que eu estou parecendo o Pedro Álvares Cabral (risos). Isso é bom. Aparentemente, você compra a ideia. Está parecendo sim.”

Oieee ! Valério fii 🐅

Uma publicação compartilhada por Caio Castro (@caiocastro) em

tt: O personagem é muito diferente de você. Isso ajudou na hora de aceitar o papel?
“Sem dúvida nenhuma. Foi crucial para a minha decisão. E digo mais. As minhas últimas escolhas na televisão têm sido dessa maneira. Desde quando eu mudei a minha relação com a emissora, para que eu pudesse ter essa liberdade artística, todas as minhas escolhas foram baseadas nessas diferenças, nessas possibilidades. Então, Dom Pedro nada mais é, do que mais uma oportunidade de fazer o que eu nunca tinha feito na TV.”

tt: Qual é a sua relação com a história. Já que Dom Pedro é um personagem muito rico da biografia do país?
“Nunca fui muito bom em história. Não era uma das minhas matérias prediletas. Honestamente, não me lembrava de como era. E, não lembro de ter me aprofundando na história de Dom Pedro – essa parte da Família Real. Escutava bastante a parte dos escravos. Mas tudo mudou. Eu cheguei aqui, sabendo mais dele do que ele mesmo (risos). Exatamente detalhe por detalhe. Enfim.”

tt: Se Dom Pedro vivesse nesse século, ele seria um bom parceiro seu?
“Não! Ele era muito burguês. Mimado. Não seria um parceiro, não. Mas se bem, ele era bem da rua. Ele se dava muito bem com as pessoas. Ele passeava conversando com as pessoas. As pessoas na rua gostavam muito dele. Então, eu sou da rua…”

Entrevista: André Romano/colaborador

LEIA TAMBÉM

** Já curtiu o Facebook da tt? Corre lá que tá bombando!


© 2003 - 2017 Ed. Alto Astral Ltda